Depois de recuar 0,82% no penúltimo pregão de fevereiro, o Ibovespa voltou a cair nesta quarta-feira (28/02), em dia de realização de lucros e correção para a virada do mês. No noticiário, chamou atenção o dado abaixo do esperado da indústria na China em fevereiro, fator que pressionou alguns papéis, mesmo após os bons resultados do quarto trimestre, de boa parte das empresas, reflexo do início da recuperação econômica brasileira. Destacando-se ainda, o resultado em linha com o esperado do PIB (Produto Interno Bruto) dos EUA divulgado também no encerramento do mês.

O benchmark da bolsa brasileira fechou com queda de 1,82%, aos 85.353 pontos, encerrando fevereiro com uma alta modesta de 0,52%, em sua terceira alta mensal seguida. Além disso, o índice chegou a sua oitava alta mensal nos últimos nove meses, período em que saltou mais de 23 mil pontos. O volume financeiro ficou em R$ 17,953 bilhões. O dólar comercial, por sua vez, caiu 0,22%, cotado a R$ 3,2428 na venda. Mesmo assim, a moeda norte-americana encerrou o mês com forte valorização de 2,41%. Neste mês que se acaba,

O Fundo de Investimentos em Ações Amaril Franklin, obteve um excelente desempenho, ao ser comparado com o Ibovespa, o fundo apresentou para seus cotistas, 2,52% de resultado positivo em fevereiro.  No ano de 2018, o fundo acumula grande valorização de 12,32%, em 12 meses foram 18,13%, em 24 meses 159% e por fim, em 36 meses a valorização foi de 84,61%.

Amaril Franklin CTV Ltda